Lógica estudantil

Inspetor Wanderley

Estava eu no pátio, atento ao vai-e-vem dos alunos; de olho nas brincadeiras mais afoitas daqueles que se julgam mais espertos, quando chega perto de mim um aluno do 8º. ano. Ele olhou para mim e depois para o meu crachá e, inocentemente, perguntou:

– Tio, quem é Wanderley?

– Por quê? – respondi com outra pergunta.

– É que eu perdi o meu estojo, aí eu perguntei para o tio, lá em cima, e ele me disse pra vir procurar com o Wanderley. É você, não é?

Calmamente lhe mostrei o crachá e o conduzi até o “Achados e Perdidos”. Lá procurei, entre os estojos perdidos, um que se assemelhasse com o dele. Não o encontrando, eu lhe disse:

– Olha, o seu estojo não está aqui.

Ele, um tanto ofendido, perguntou:

– Como não está?

– Não estando. – respondi – Você já procurou em outros lugares ou com os seus colegas?

E ele, com uma lógica imperturbável me respondeu:

– Tio, é o seguinte: aqui é o “Achados e Perdidos”, então, se eu perdi alguma coisa, ela tinha que estar aqui!
E antes que eu respondesse, o danado me virou as costas e saiu resmungando…

Inspetor Wanderley

[vimeo 32664613 480 360]