Saudades

Inspetor Irineu

Na tarde do dia 28 de novembro do ano 2008, eu trabalhava no segundo andar do prédio principal do Colégio Bandeirantes.

Tudo corria na mais perfeita ordem, quando a porta do elevador se abriu, vi o inspetor Domingos que vinha em minha direção. Notei em sua face uma expressão de que algo não estava bem. Fixou os olhos em mim e disse as tristes palavras:

“Faleceu o inspetor Francisco”.

Que impacto, fiquei pasmo, quase sem palavras.

Passaram-se alguns segundos, foi como se eu estivesse viajando no tempo, não queria acreditar, pois momentos antes o inspetor Francisco estivera a conversar alegremente com outros colegas, brincando e comentando sobre assuntos relacionados à vida cotidiana. Recentemente, passara por uma consulta médica, exames de sangue e outros foram pedidos pelo médico. Era cuidadoso com sua saúde. Como diz um certo ditado, “para morrer, basta estar vivo”.

Francisco, companheiro, amigo e um bom profissional, saudades…

Inspetor Irineu

[vimeo 32663322 480 360]