Socorro precipitado

Inspetor Walteir

Certo dia estava eu no meu setor de trabalho, o pátio. Por volta das 08:30h, chegou meu parceiro de trabalho, ou seja, do mesmo setor, empurrando um cadeirante e me disse que era para eu levá-lo ao Hospital Santa Rita.

Eu, meio sem jeito, sem saber o que fazer e não querendo dizer não, peguei o funcionário e saí empurrando-o feito louco. Saí pelo corredor que dá acesso ao elevador apropriado e saí pelo portão B da Rua Estela e fui me matando entre as calçadas esburacadas da cidade. Tinha hora que o cadeirante quase caía da cadeira! Passei um sufoco, mas tomei todos os cuidados cabíveis, enfim tudo correu muito bem. Na volta, tomamos um táxi. Na verdade, era para meu parceiro leva-lo, mas achou mais fácil passar a bola para frente. E depois foi só risos, porque era para irmos de táxi, mas eu não entendi e acabei pagando este mico.

Inspetor Walteir

[vimeo 32664315 480 360]